Aceitamos cartão de Crédito

Cronograma Capilar para saúde dos fios 2013


Cronograma Capilar: Por que e Como fazer
Oi Meninas, tudo bem?
Hoje venho falar um pouquinho do que ando fazendo para que meus fios cresçam fortes e saudáveis, tratamentos legais que dão um ótimo resultado nos fios.
Para quem não sabe o cronograma funciona como um Sistema, uma ordem para aplicar os produtos no cabelo, feito em 3 etapas (hidratação, nutrição e reconstrução).
Todas as pessoas que quiserem tratar seus cabelos e mante-los saudáveis podem fazer, não existe nenhuma restrição e com certeza encontramos opções variadas de acordo com a disponibilidade e bolso de cada um, os únicos requisitos necessários para o cronograma são: paciência (para entender um pouco mais sobre cada tratamento) e dedicação.
Olhar a formulação pode ajudar, principalmente com produtos importados que seguem a ordem decrescente de concentração de seus ativos (os nacionais geralmente fazem isso, mas não são obrigados), então qualquer coisa se tiver dúvida é só entrar em contato que sabendo, eu explico, tirando suas dúvidas.
Para começar, separei essa tabelinha de categorias aqui bem resumida para quem quiser dar uma lida...

Hidratação, que é a reposição hídrica, aqui vamos repor a agua perdida no cabelo, isso é um fator muito importante para mantê-lo saudável. A linha de produtos mesmo que não seja da mesma marca deve ser do mesmo gênero: hidratantes, isso inclui os restauradores e hidratantes como ampola e flaconetes.
Ingredientes das mascaras hidratantes: Extrato de algas, Panthenol, Aloe Vera, Bepantol, Chocolate, mel, geléia real etc.
Nutrição, reposição lipídica, aqui uma mascara comum pode virar nutritiva com óleo de argan, ou simplesmente ser nutritiva e reparadora com creatina na fórmula. Normalmente as mascaras com muito nutrientes, como óleos, manteigas e ceramidas são mais fortes do que uma simples mascara de hidratação, tem maior durabilidade no fio, controle do frizz e peso na medida certa.
Ingredientes mais comuns: Proteínas hidrolisadas, trigo, seda, aveia, etc.. ceramidas, óleo de coco, óleo de semente de uva, girassol, baleia, manteiga de karité, cacau, cupuaçu, creatina e até cisteina.
Reconstrução, reposição proteica, essa é a hora importante de identificar o que seu cabelo ainda precisa, se esta com muito frizz, poroso, ressecado, queda, quebra, e investir no tratamento reconstrutor certo para o fio.
Ingredientes importantes: Queratina (Seus aminoácidos, Cisteina, serina , prolina, argilina), colágeno. 


A reconstrução pode ser acrescida de queratina liquida, ou ampolas de queratina junto a sua mascara ou após o shampoo conforme for o uso dela pelo fabricante, a reconstrução com queratina é melhor para cabelos que estão com queda, extremamente danificados por químicas, descoloração, opacos e sem vida, emborrachados, frágeis.
Mas temos muitas maneiras de reconstruir fortemente um fio extremamente danificado, com cauterização, queratinização, Blindagem...
Reparar o cabelo como um todo:
As pontas dos cabelos, se ressecadas, com pontas duplas e sem vida, devem ser tratadas com óleos, de argan, de coco, de macadâmia, geléia real, deixa-las nutridas durante o tratamento é essencial e indispensável.
A limpeza a cada 15 dias com anti-resíduo é essencial e dará mais força no tratamento para o novo ciclo.

Como começar?
Quem estiver disposta a começar deve primeiro pegar todas as máscaras que você tem em casa, colocar em algum lugar e começar a procurar pelos seus ingredientes qual categoria pertencem, lembrando que essa não é uma tarefa fácil porque muitas vezes aquilo que está no rótulo não é a sua real categoria.
As máscaras profissionais não costumam pertencer a apenas uma categoria, muitas vezes são de 2 ou então das 3, por isso deixe essas por último e use uma vez para reparar o seu efeito conforme a tabelinha mostrada para classifica-las.
Com seus tratamentos separados chegou a hora de montar o seu cronograma: Poderia muito bem falar para vocês que na primeira semana é uma ou outra, mas para realmente saber o que o seu cabelo precisa, faça uma hidratação, uma nutrição e na outra lavagem uma reconstrução e observe como o seu cabelo reage.
Aquele tratamento usado que o cabelo ficar com aspecto saudável é o que precisamos aumentar a frequência, no tratamento que o cabelo não ficou bom diminuir, uma lógica simples. Outro motivo de não existir um modelo pronto para a tabelinha é que cada um (a) lava os cabelos 2 vezes, 3 vezes, várias vezes por semana, então não existe um padrão, o que vale prestar atenção aqui é intercalar em cada lavagem um tratamento. Geralmente costuma dar certo:
Conforme você for usando e percebendo que o cabelo reagiu melhor a alguma etapa, mas a sua máscara é fraquinha, invista e compre uma com qualidade bacana principalmente daquilo que seu cabelo precisa.
Reconstrução: dependendo o estado do cabelo 1 x por semana ou 1 x a cada 15 dias, sendo bacana antes dela começar com uma hidratação, depois dela deve ser feita uma nutrição. Nutrição: para cabelos lisos e/ou com coloração 1 x por semana, para outros tipos de cabelos 2 x por semana. Hidratação: 2 a 3 x por semana independente do tipo de cabelo.
Como eu faço no meu cabelo:

 Lavo os cabelo dia sim, dia não fazendo sempre 2 hidratações, uma nutrição, duas hidratações, uma reconstrução e assim sucessivamente.

O que devo comprar?

A princípio nada, use aquilo que você tem em casa, separe  suas máscaras e observe se falta alguma etapa.

O segredo do cronograma é esse, não usamos aquilo que queremos, aprendemos a respeitar o que o cabelo necessita.

Se nessa hora o bolso estiver furado, não se desespere dá para improvisar algo, até que a situação melhore.

Sugestões para potencializar o que você já tem:

Se estiver faltando alguma máscara reconstrutora potente, pegue a sua e misture com qualquer queratina, o resultado já será melhor.

Se o problema for a máscara nutritiva, coloque nela algum óleo (pode ser de coco, argan, macadâmia,ricínio) que essa já ficará mais potente.

Se quem faltar for uma boa hidratação, se joga nas ampolinhas que são práticas e baratas, o que não vale é pular a etapa.
Cuidado com: Aqui eu só chamo atenção para a reconstrução, em excesso ela deixa os fios ásperos, por isso quando começar a perceber o cabelo enrijecendo diminua a sua frequência. Assim como a nutrição age em cabelos oleosos, quando começar a "pesar" e piorar a oleosidade, coloque a nutrição menos vezes no cronograma. Agora vem uma dúvida bem engraçada, existem algumas máscaras que na teoria são de tratamento x, porém na prática o resultado é y. Use-as de acordo com o que elas proporcionam aos SEU cabelo. O que mais se deve saber? Uma dúvida frequente sobre o cronograma é se devemos usar shampoo, condicionador, creme de pentear com os mesmos ingredientes do tratamento do dia, tem gente que entende que sim eu já discordo. Eu uso sempre um shampoo para cabelos oleosos na pré lavagem depois uso um hidratante para cabelos coloridos, não mudo essa rotina por causa do tratamento do dia.
Acho que devemos tomar cuidado com shampoos e cremes reconstrutores, a queratina em excesso faz mal, então se possível não use em todas as lavagens produtos a base dela (deixe isso para a máscara reconstrutora).
Desculpem pelo post ter ficado enorme, mas grande parte do cronograma já está aqui. Separe as suas máscaras em casa e comece a fazer, não tem como se arrepender porque além do resultado dos fios ser infinitamente superior a tratamentos aleatórios, no final das contas acabamos gastando menos porque aproveitamos ao máximo cada produto.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Posts Sugeridos